sábado, 2 de julho de 2011

GERAÇÃO PERDIDA.- DANIELA MERCURY (vídeo e letra)

Artistas moviam a terra
Com seu choro e partiam
Nascíamos em anos intermináveis
Filhos de árvores cortadas
Fomos silêncio sem saber
A geração do nada
Que ressuscitou sem morrer
O leite derramado é vermelho
Como a cor dos nossos cabelos
Que dançam, que dançam
As drogas já são pálidas
As palavras sem prisão
As crianças mal criadas
Nascidas com a televisão
O leite derramando é vermelho
Como a cor dos nossos cabelos
Que dançam, que dançam
Geração perdida
Artistas, negros, mãe
Nossos mortos sem vida
A dor que ainda dói