sexta-feira, 1 de julho de 2011

Noite Ilustrada-Ronda (vídeo e letra)


De noite eu rondo a cidade
A te procurar sem encontrar
No meio de olhares espio em todos os bares
Você não está
Volto pra casa abatida
Desencantada da vida
O sonho alegria me dá
Nele você está
Ah, se eu tivesse quem bem me quisesse
Esse alguém me diria
Desiste, esta busca é inútil
Eu não desistia
Porém, com perfeita paciência
Volto a te buscar
Hei de encontrar
Bebendo com outras mulheres
Rolando um dadinho
Jogando bilhar
E neste dia então
Vai dar na primeira edição
Cena de sangue num bar
Da avenida são joão
Paulo Vanzolini

Paulo Emílio Vanzolini (São Paulo, 25 de abril de 1924) é um zoólogo e compositor brasileiro, autor de famosas canções como "Ronda", "Volta por Cima" e "Na Boca da Noite".

É um dos idealizadores da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) e ativo colaborador do Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo, que com seu trabalho aumentou a coleção de répteis de cerca de 1,2 mil para 230 mil exemplares[carece de fontes].

Criou a Teoria dos Refúgios a partir de estudos conjuntos com o geomorfologista Aziz Ab'Saber e com o americano Ernest Williams. Refúgio foi o nome dado ao fenômeno detectado nas expedições de Vanzolini pela Amazônia, quando o clima chega ao extremo de liquidar com uma formação vegetal, reduzindo-a a pequenas porções. Assim formam-se espaços vazios no meio da mata fechada.

Prêmios e condecorações

Paulo Vanzolini foi agraciado com a Grã-Cruz da Ordem Nacional do Mérito Científico.

Em agosto de 2008, o cientista e compositor foi também premiado pela Fundação Guggenheim, em Nova Iorque, em virtude de suas contribuições para o progresso da ciência. O mesmo prêmio foi dado a três outros cientistas brasileiros, em outras áreas além da biologia.

Táxons nomeados em sua homenagem

Alpaida vanzolinii Levi, 1988[1] -- (Arachnida, Araneidae)
Alsodes vanzolinii (Donoso-Barros, 1974)[2] -- (Amphibia, Cycloramphidae)
Amphisbaena vanzolinii Gans 1963[3] -- (Reptilia, Amphisbaenidae)
Anolis vanzolinii (Williams, Orces, Matheus, Bleiweiss 1996)[4] -- (Reptilia, Polychrotidae)
Cochranella vanzolinii Taylor & Cochran 1953[5] -- (Amphibia, Centrolenidae)
Dendrobates vanzolinii Myers, 1982[6] -- (Amphibia, Dendrobatidae)
Exallostreptus vanzolinii Hoffman 1988[7] -- (Diplopoda, Spirostreptidae)
Gymnodactylus vanzolinii Cassimiro & Rodrigues 2009[8] -- (Reptilia, Phyllodactylidae)
Hylodes vanzolinii Heyer 1982[9] -- (Amphibia, Hylodidae)
Liophis vanzolinii Dixon 1985[10] -- (Reptilia, Colubridae)
Nausigaster vanzolinii Andretta & Carrera 1952[11] -- (Insecta, Syrphidae)
Phrynomedusa vanzolinii Cruz 1991[12] -- (Amphibia, Hylidae)
Psittoecus vanzolinii Guimarães 1974[13] -- (Insecta, Philopteridae)
Saimiri vanzolinii Ayres 1985[14] -- (Mammalia, Primates, Cebidae)
Vanzosaura Rodrigues 1991[15] -- (Reptilia, Gymnophthalmidae)
Documentários

Paulo Vanzolini filmou três documentários com o diretor Ricardo Dias, de cujo pai era amigo. Os dois primeiros sobre o seu trabalho como zoólogo e o terceiro sobre sua obra musical.

Discografia

1967: Onze Sambas e uma Capoeira (vários intérpretes)
1974: A Música de Paulo Vanzolini
1981: Por Ele Mesmo
2003: Acerto de Contas