sexta-feira, 22 de junho de 2012

Ednardo (biografia)








  • Ednardo é o nome artístico do cantor e compositor brasileiro, José Ednardo Soares Costa Sousa, nascido em (FortalezaCeará, em17 de abril de 1945).
    Ednardo iniciou a carreira musical em FortalezaCeará, no início da década de 1970, juntamente com outros artistas conterrâneos, como FagnerBelchior e Amelinha. Já no início da carreira, venceu o Festival Nordestino da Música Brasileira, momento a partir do qual passou a ter maior projeção na cena musical cearense. Atualmente possui projeção internacional, sendo suas músicas tocadas em vários países da América Latina, Europa e EUA. Lançou 14 albuns musicais e fez várias parcerias, possuindo mais de 300 músicas compostas. Atua também no cinema e no teatro, onde compõe inúmeras trilhas musicais.
    Ednardo teve importantíssimo papel no cenário musical cearense, com grande contribuição para a promoção da cultura, musica e artistas do Ceará. Em 1979, em plena Ditadura Militar, foi protagonista do movimento Massafeira, que reuniu vários artistas cearenses, inclusive o poeta sertanejoPatativa do Assaré, no Teatro José de Alencar, onde foi gravado o disco homônimo. Dentre seus maiores sucessos constam: Terral, Ingazeiras, Lagoa de Aluá, Longarinas, Artigo 26, Pavão Mysteriozo, Enquanto Engoma a Calça, Flora, A Manga Rosa, Beiramar, Carneiro, etc. Suas músicas têm sido interpretadas por vários cantores da MPB, como Elba RamalhoFagnerBelchiorNey MatogrossoVânia AbreuAmelinhaNonato Luiz, dentre muitos outros.
  • A música "Pavão Mysteriozo", teve grande projeção após sua utilização como tema da novela "Saramandaia" (1976), havendo hoje mais de 20 regravações. A música é considerada sagrada pelos índios do Xingu nos rituais religiosos; tem regravações na Europa orquestrada por Paul Mauriat; por grupos chilenos (Inti-Aymará e Nacha), por Elba Ramalho, Ney Matogrosso, por bandas de rock e maracatu, e muitos outros. A composição seria mais tarde adotada como hino do orgulho GLS Também usada por outros tantos como hino à liberdade, a beleza humana e sua capacidade de realizar a vida acima das aparentes impossibilidades.