quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Beto Guedes e Milton Nascimento - Tropeiro (vídeo e letra)


Seu moço, por caridade moço
Não me chama de tropeiro não
Não me chama de tropeiro mais não, viu
cê não me chama de tropeiro mais não.
Porque tropeiro é uma praga, seu moço
que nunca teve cotação,
se compra na venda e não paga, seu moço,
já leva a fama de ladrão.
Seu moço, por caridade moço,
Não me chama de tropeiro, mais não
não me chama de tropeiro, mais não viu
cê não me de tropeiro não.
Porque a vida de tropeiro, moço
é uma vida amargurada
é uma vida amargurada
é uma vida amargurada
e, bate perna o dia inteiro, moço
na poeira da estrada
na poeira da estrada
na poeira da estrada
Porque tropeiro, quando parte, moço
leva saudade do seu bem
leva saudade do seu bem, ai
leva saudade do seu bem
E quando chega de viagem ,moço
nem tempo de amar não tem, ai
nem tempo de amar não tem, ai
nem tempo de amar não tem.
Seu moço, por caridade moço
Não me chama de tropeiro não
Não me chama de tropeiro mais não, viu
cê não me chama de tropeiro mais não.