quinta-feira, 27 de março de 2014

A história da canção "Por causa de você".

"Por Causa de Você" é uma canção de estilo samba-canção lançada em 1957. Sendo um clássico da música brasileira, foi regravada por diversos artistas ao longo do tempo. Sua letra é de Dolores Duran e a música é de Tom Jobim. A canção fala sobre uma reconciliação calorosa de um casal e sobre o sofrimento que houve antes, no momento em que ele estava separado.
Em março de 1957, quando Tom Jobim ainda não era muito famoso, ele mostrou à Dolores uma melodia que havia feito com Vinícius de Moraes. Dolores ficou encantada e ali mesmo escreveu a letra. Jobim tocou no piano a música e ela cantou seu poema. Sem pensar duas vezes Jobim aceitou a letra.
A princípio, quem iria escrever a letra para a música é Vinícius de Moraes. Dolores telefonou para Vinícius, dizendo que a letra já estava pronta, e este reconheceu que a letra escrita por ela era melhor. Dolores e Jobim criaram mais duas canções juntos: "Se é por Falta de Adeus" de (1955) e "Estrada do Sol" (de 1958). Entre as três, a preferida de Jobim era Por Causa de Você.
Como muitas músicas brasileiras desta época, "Por Causa de Você" foi gravada muitas vezes. As primeiras gravações aconteceram em 1957 por Silvia Telles e Dolores Duran. Não se sabe qual delas foi a primeira a gravar. A gravação de Maysa no ano seguinte ganhou certa popularidade. Em 1958 Elizeth Cardoso e Angela Maria também a gravaram. Em 1960 Lúcio Alvez gravou a canção para um álbum seu de tributo à Dolores. Também em 1960, Silvia Telles regravou a canção em francês, chamada "Gardez moi pour Toujours (em português: "Guarde-me para Sempre"), com letra de Serge Rodhe. Frank Sinatra gravou uma versão em inglês da canção, escrita por Ray Gilbert, chamada "Don't Ever Go Away" (em português: "Nunca Se Vá"), em 1971 para o seu álbum Sinatra & Company que tem forte influência de Bossa Nova. 50 anos depois do nascimento da canção Roberto Carlos canta "Por Causa de Você" no show com Caetano Veloso (Roberto Carlos e Caetano Veloso e a Música de Tom Jobim).
Ah, você está vendo só
Do jeito que eu fiquei
E que tudo ficou
Uma tristeza tão grande
Nas coisas mais simples
Que você tocou
A nossa casa querida
Já estava acostumada
Guardando você
As flores na janela
Sorriam, cantavam
Por causa de você
Olhe meu bem nunca mais
Nos deixe por favor
Somos a vida e o sonho
Nós somos o amor
Entre meu bem por favor
Não deixe o mundo mau levá-la outra vez
Me abrace simplesmente
Não fale, não lembre
Não chore meu bem