quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Secos e Molhados (Album) Secos e Molhados

Secos & Molhados é o álbum de estreia do grupo homônimo, lançado em 1973.
Unindo a poesia de autores como Vinícius de Moraes, Manuel Bandeira e João Apolinário, pai do idealizador do grupo João Ricardo, com danças e canções do folclore português e de tradições brasileiras, traz as músicas mais famosas do trio, tais como "Sangue Latino", "O Vira", "Assim Assado" e "Rosa de Hiroshima". O disco, assim como a própria banda, surgiu em meio a um tempo de censura e Ditadura Militar no Brasil, ao que também retrata a liberdade de expressão, o racismo e as guerras. Um fenômeno de vendas para a época, é o LP mais famoso dos Secos e Molhados, aquele que os projetou no cenário nacional e vendeu mais de 1 milhão de cópias pelo país (mais de 1500 só na primeira semana).
O disco inovou o estilo musical da música popular brasileira com um som mais pesado que o usual e com o uso de maquiagem forte na capa, que remete ao glam rock, e desenvolveu gêneros como o pop psicodélico e o folk. Este trabalho levou o grupo a se inscrever numa categoria privilegiada entre as bandas e músicos que levaram o Brasil da bossa nova à Tropicália e então para o rock brasileiro, um estilo que só floresceu expressivamente nos anos 80. Além de receber certificação de disco de platina em 1997 da ABPD pelo relançamento em CD, o quinto lugar na Lista dos 100 maiores discos da música brasileira da Rolling Stone Brasil em 2007 e a 97.ª posição no "Los 250: Essential Albums of All Time Latin Alternative - Rock Iberoamericano" da Al Borde de 2008 provam que o disco continua a ser popular e criticamente admirado nos dias de hoje.

Faixas

Todos os arranjos assinados pela própria banda, com exceção da faixa "Fala", que contou com a participação de Zé Rodrix.
Lado 1
N.º Título Compositor(es) Duração
1. "Sangue Latino"   João Ricardo/Paulinho Mendonça 2:07
2. "O Vira"   João Ricardo/Luhli 2:12
3. "O Patrão Nosso de Cada Dia"   João Ricardo 3:19
4. "Amor"   João Ricardo/João Apolinário 2:14
5. "Primavera nos Dentes"   João Ricardo/João Apolinário 4:50
Lado 2
N.º Título Compositor(es) Duração
6. "Assim Assado"   João Ricardo 2:58
7. "Mulher Barriguda"   João Ricardo/Solano Trindade 2:35
8. "El Rey"   Gérson Conrad/João Ricardo 0:58
9. "Rosa de Hiroshima"   Gérson Conrad/Vinicius de Moraes 2:00
10. "Prece Cósmica"   João Ricardo/Cassiano Ricardo 1:57
11. "Rondó do Capitão"   João Ricardo/Manuel Bandeira 1:01
12. "As Andorinhas"   João Ricardo/Cassiano Ricardo 0:58
13. "Fala"   João Ricardo/Luhli 3:13
Duração total:
30:22

Músicos

Dos músicos listados abaixo, apenas Ney Matogrosso, João Ricardo e Gérson Conrad faziam parte do Secos e Molhados. Marcelo Frias, Sérgio Rosadas, John Flavin, Willi Verdague e Emilio Carrera eram os instrumentistas de apoio do grupo no tempo em que ele estava em formação e tocava na Casa de Badalação e Tédio, casa noturna anexa ao Teatro Ruth Escobar,[80] e por isso participaram da gravação do LP.
Secos & Molhados
Músicos convidados