domingo, 22 de outubro de 2017

Rosana Toledo (BIOGRAFIA)

Rosana Toledo era o nome artístico de Maria da Conceição Toledo, nascida em Belo Horizonte, ano de 1934. Começou a cantar aos quatro anos de idade, em 1938, mas sua carreira artística começou em 1947, junto com sua irmã, a também cantora Maria Helena Toledo.
Seu primeiro teste artístico foi no programa Gurilândia, na Rádio Guarani, onde se apresentaram como Irmãs Toledo, cantando Beijinho Doe. Consagraram-se depois na Hora da Corneta, animada por Valdomiro Lobo. A dupla atuou até 1951, voltando a se reunir oito anos depois.Rosana iniciou sua carreira solo em 1955, apresentando-se na Rádio Mineira, sendo escolhida como melhor cantora por um júri de diretores artísticos. Em 1956 recebeu o título de Rainha do Rádio de Belo Horizonte.

Foi contratada pela Polydor, para seu primeiro disco, em 1957. Gravou um 78 rpm com a valsa Chove Lá Fora, de Tito Madi, e o bolero Faça de Conta, de Fernando César. Na gravação foi acompanhada pela orquestra de Enrico Simoneti.

Recebeu o Prêmio de Melhor Estrela da Televisão Mineira e assinou, logo depois, contrato com a gravadora Odeon, gravando o LP ‘A voz acariciante de Rosana’, com destaque para a Sonata Sem Luar, de Fred Chateaubriand e Vinícius de Carvalho. Em 1959 voltou a cantar em dupla com sua irmã Maria Helena, na TV Itacolomi, de BH.

Em 1961 foi para a RCA . Mesmo atuando como cantora de samba-canção, era muito solicitada a participar em espetáculos ligados à bossa nova, em clubes e boates do eixo Rio-São Paulo. Em 1962 foi para a RGE.

Em 1975, participou dos programas de rádio "MPB 100 ao vivo", transmitida para todo o Brasil pelo Projeto Minerva, pela Rede Nacional de Emissoras. A série foi produzida e apresentada por Ricardo Cravo Albin e dela resultaram oito LPs.

Em 1976, estrelou, juntamente com Cartola, o espetáculo "O sol nascerá", apresentado no Ibam no Rio de Janeiro, com direção e apresentação de Ricardo Cravo Albin. O show narrava a história da MPB nos anos 1960 e 1970. Para o lançamento da série de oito LPs, participou de dois shows em 1976, o primeiro no MAM do Rio e o segundo no Teatro Guaíra de Curitiba.