segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Tatiana Parra (BIOGRAFIA)

Conhecida no meio musical por suas participações em shows e CDs de artistas como André Mehmari, Chico Pinheiro, Conrado Paulino, Dante Ozzetti, Fábio Torres, Flávio Henrique, Ivan Lins, Theo de Barros, Zeli, entre outros, Tatiana Parra é uma paulistana de 27 anos de idade que vem divulgando com especial carinho a produção de jovens músicos do Brasil.

Nomes da nova geração como Dani Black, Dani Gurgel, Demétrius Lulo, Giana Viscardi, Luciana Alves, Pedro Altério, Thais Nicodemo, Tó Brandileone e Verônica Ferriani já participaram de seus shows.

Tatiana começou a carreira aos cinco anos, cantando peças publicitárias em diversos estúdios de São Paulo. Gravava jingles e CDs infantis com Hélio Ziskind enquanto seguia nos estudos de piano erudito, tendo chegado a ser premiada em concursos na adolescência.

Em 2003, integrou o grupo do violonista e compositor Chico Pinheiro, com quem realizou turnês anuais, tendo participado ainda do segundo disco do artista, Tocador de Violão; apresentou-se, com esse trabalho, acompanhada pela Orquestra Jazz Sinfônica, além de ter participado dos programas Ensaio, Bem Brasil e Radiola, exibidos pela TV Cultura, além do Som Brasil, pela Rede Globo.

Sua voz pode ser ouvida ainda em CDs de Theo de Barros, Flávio Henrique, Fábio Torres e Zeli, além dos projetos fonográficos Sobras Repletas, em homenagem a Maurício Tapajós, e Manuscrito Sonoro, de Hermínio Bello de Carvalho.

Versátil, ela participou, também, de espetáculos teatrais (Cazas de Cazuza, em 2000; Em cena, Ações, em 2005; Brechtianas, em 2006) e de shows de artistas como Dante Ozzetti, Toquinho, Rita Lee e da cubana Omara Portuondo, do Buena Vista Social Club. Atuou ainda, com André Mehmari, em um recital voltado para a interpretação de música barroca com instrumentos de época, ao lado do cellista Dimous Goudarolis, em 2006.

Em 2007, interpretou canções em homenagem a Elisete Cardoso no programa Mosaicos, exibido pela TV Cultura. Em agosto do mesmo ano, realizou seu primeiro show solo, com direção musical de André Mehmari.

Em fevereiro de 2008 participou das comemorações dos 30 anos do Projeto Pixinguinha, juntamente com André Mehmari e Ivan Lins, tendo se apresentado em 4 capitais nordestinas e Rio de Janeiro. Participou ainda da Virada Cultural Paulistana, em abril, integrando o “Palco das meninas”, bem como da Virada Cultural Paulista, nas cidades de Araraquara e Franca. Foi ainda selecionada para participar do workshop de improvisação vocal com o cantor Bobby Mcferrin, em abril do mesmo ano, em Nova Iorque, com duração de uma semana.

Seu interesse pela música latina vem estreitando seus laços com artistas da Argentina, Uruguai, Chile, Veneluela, Peru, Colômbia, México, Cuba, entre outros. Apresentou-se em algumas das principais casas de shows de Buenos Aires, como “Club Lounge” – onde dividiu palco com o Aca Seca Trio -, e “Notorius”. No Uruguai, participou do Festival de Jazz de Mercedes, em janeiro de 2008. Prepara-se para participar do Festivais de La Plata (Argentina, em outubro de 2008) e de Mercedes (Uruguai, em janeiro de 2009), onde, além de shows, também dará masterclasses de canto.

Desenvolve, ainda, ao lado da pianista Érika Ribeiro, uma iniciativa de divulgação do repertório de canções do compositor Radamés Gnattali, tema de sua Monografia de conclusão de curso em Bacharelado em Canto, pela Faculdade Santa Marcelina.

Seu primeiro disco solo está em fase de produção e será lançado em 2009.