terça-feira, 14 de novembro de 2017

Fagner e Jorge Vercíllo - Homem grande (vídeo e letra)

Quando ele nasceu já não estava lá
Sua mãe deu a luz eu não pude ver
Longe demais pra chorar
Não é só a distância que faz doer
É saber que o menino sozinho já faz moda pra cantar

Eram duas semanas em Juazeiro
Eu à toa na praça e alguém me disse
Estão chegando os romeiros

Em meio aos peregrinos eu fui notar
Nas feições parecidas de um menino
Que era meu o seu olhar

Tava tão triste sozinho, quanto agreste
Esse vai e vem do sul ao norte
Foi só pra gente se encontrar

Meu coração era só felicidade
Raio e trovão no céu da cidade
Eu sou teu pai, vem me abraçar aqui

No meio dessa gente
E faz um homem grande chorar feito criança
Nos braços de seu filho

No meio dessa gente
E faz um homem grande chorar feito criança
Nos braços de seu filho