sábado, 20 de janeiro de 2018

Jadsa Castro - Oxumaré (vídeo e letra)

Ela é de Oxumaré Doce feito cocada Fértil como o mundo Mostra-se pintada É a rainha das águas Êta, mulher arretada Nela mora meiguice Não a neguin que enfeitice Não há feitiço que acabe nela Êta, meu deus do céu Êta, meu deus!