segunda-feira, 28 de maio de 2018

Renato Luciano - De toda cor (vídeo e letra)

Passarinho de toda cor
Gente de toda cor
Amarelo, rosa e azul
Me aceita como eu sou
Eu sou amarelo-claro
Sou meio errado pra lhe dar com o amor
No mundo tem tantas cores
São tantos sabores
Me aceita como eu sou
Eu sou ciumento
Quente, friorento
Mudo de opinião
Você é a rosa certa
Bonita, esperta
Segura na minha mão

Citação "O Inexato" de Elisa Lucinda:

Que o mundo é sortido
Eu toda vida soube
Quantas vezes
Quantos diversos de mim 
Em minha alma houve?
Árvore, tronco, maré, tufão, capim, 
Madrugada, aurora, sol a pino e poente
Tudo carrega seus tons, seu carmim
O vício, o hábito, o monge
O que dentro de nós se esconde
O amor, o amor, o amor
A gente é que é pequeno
E a estrelinha é que é grande
Só que ela tá bem longe
Sei quase nada, meu Senhor
Só que sou pétala, espinho, flor
Só que sou fogo, cheiro, tato, plateia e ator
Água, terra, calmaria e fervor
Sou homem, mulher
Igual e diferente, de fato
Sou mamífero, sortudo, sortido, 
Mutante, colorido, surpreendente, medroso e estupefato
Sou ser humano
Sou o inexato