quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Chico Buarque - "Tua Cantiga" (vídeo e letra)

Quando te der saudade de mim
Quando tua garganta apertar
Basta dar um suspiro
Que eu vou ligeiro
Te consolar

Se o teu vigia se alvoroçar
E estrada afora te conduzir
Basta soprar meu nome
Com teu perfume
Pra me atrair

Se as tuas noites não têm mais fim
Se um desalmado te faz chorar
Deixa cair um lenço
Que eu te alcanço
Em qualquer lugar

Quando teu coração suplicar
Ou quando teu capricho exigir
Largo mulher e filhos 
E de joelhos
Vou te seguir




Na nossa casa
Serás rainha
Serás cruel, talvez
Vais fazer manha
Me aperrear
E eu, sempre mais feliz

Silentemente
Vou te deitar
Na cama que arrumei
Pisando em plumas
Toda manhã
Eu te despertarei

Quando te der saudade de mim
Quando tua garganta apertar
Basta dar um suspiro
Que eu vou ligeiro
Te consolar

Se o teu vigia se alvoroçar
E estrada afora te conduzir
Basta soprar meu nome
Com teu perfume
Pra me atrair

Entre suspiros
Pode outro nome
Dos lábios te escapar
Terei ciúme
Até de mim
No espelho a te abraçar

Mas teu amante
Sempre serei
Mais do que hoje sou
Ou estas rimas
Não escrevi
Nem ninguém nunca amou

Se as tuas noites não têm mais fim
Se um desalmado te faz chorar
Deixa cair um lenço
Que eu te alcanço
Em qualquer lugar

E quando o nosso tempo passar
Quando eu não estiver mais aqui
Lembra-te, minha nega
Desta cantiga
Que fiz pra ti

Patricia Lopes - Dorme enquanto eu velo (vídeo e letra)

Dorme enquanto eu velo...
Deixa-me sonhar...
Nada em mim é risonho.
Quero-te para sonho,
Não para te amar.

A tua carne calma
É fria em meu querer.
Os meus desejos são cansaços.
Nem quero ter nos braços
Meu sonho do teu ser.

Dorme, dorme, dorme,
Vaga em teu sorrir...
Sonho-te tão atento
Que o sonho é encantamento
E eu sonho sem sentir.

Cantilenas Brasileiras (Álbum) Breno Ruiz

"Cantilenas Brasileiras" é o primeiro álbum solo do compositor Breno Ruiz (piano, voz), acompanhado por Pedro Alterio (violão), Neymar Dias (baixo acústico, viola caipira), Gabriel Alterio (bateria, percussão) e Igor Pimenta (baixo acústico). Participações especiais de Mônica Salmaso (voz) e Renato Braz (voz, percussão, efeitos, flautas).

Faixas:

0:00 - 1. Marinheiro do Mar (Porto de Araújo nº2) (Breno Ruiz / Paulo César Pinheiro)
4:09 - 2. Estrela Branca (Breno Ruiz / Paulo César Pinheiro)
9:42 - 3. Flor Lilás (Breno Ruiz / Paulo César Pinheiro)
13:16 - 4. Choro Bordado (Breno Ruiz / Paulo César Pinheiro) part. voz Mônica Salmaso
17:50 - 5. Dança de Mucama (Breno Ruiz / Paulo César Pinheiro)
19:19 - 6. Roxinha (Breno Ruiz / Paulo César Pinheiro)
21:55 - 7. Donana (Breno Ruiz / Paulo César Pinheiro)
25:07 - 8. Caçada de Onça (Breno Ruiz / Paulo César Pinheiro)
28:19 - 9. Modinha Triste (Breno Ruiz / Paulo César Pinheiro) part. voz Renato Braz
31:31 - 10. Cantilena Sertaneja (Breno Ruiz / Paulo César Pinheiro)
34:59 - 11. Viola do Bem Querer (Breno Ruiz / Paulo César Pinheiro) part. voz Renato Braz
38:26 - 12. Roseira (Breno Ruiz / Paulo César Pinheiro)

Ficha técnica:

gravado na Gargolândia em janeiro de 2011 por Rafael, Gabriel e Pedro Alterio
exceto faixas 11, 9 e 4 (gravadas por Mário Gil no estúdio Dançapé
mixado e masterizado no Estúdio Dançapé, entre janeiro de 2015 e junho 2016, por Mário Gil
todas as músicas são editadas por Cordilheiras (Tapajós)
arte sobre a fotografia (encarte) de Sergio Ferreira
arte da capa e encarte: Malkovich Design e Comunicação
apoio: Gargolândia
realização: Laje Produtora

Mario Gil (BIOGRAFIA)

Mineiro de Juiz de Fora, nascido em 28 de março de 1962 e radicado em São Paulo desde 1983, Mario Gil foi aluno de Henrique Pinto (Violão, 1983 –1987), Marilena Oliveira (Harmonia, 1984 – 1985) e Mario Ficareli (contraponto, 1985).
Nesse período venceu, como violonista, o 2º Concurso de Seleção de Jovens Instrumentistas da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo.
Em 1993, lançou seu primeiro disco "Luz do Cais". Com produção independente, esse disco foi relançado em CD (1996) com tiragem limitada.
Em 1996, realizou uma tournée pela Suíça (18 espetáculos), apresentando um trabalho sobre música folclórica do Brasil.
Em 1998, lançou pela gravadora Dabliú, o CD “Contos do Mar”, apresentando um trabalho temático em parceria com o letrista Paulo César Pinheiro. Este CD lhe rendeu o Prêmio Ary Barroso, na categoria Compositor.
A partir deste trabalho, Mario começa a ser reconhecido entre os novos autores da música brasileira, tendo diversas de suas músicas gravadas por cantores da nova geração, como, Mônica Salmaso, Renato Braz, Consuelo de Paula e Carmina Juarez.
Em 2000 obteve a terceira colocação no 3º Prêmio Visa MPB – Edição Compositores.
Recentemente, foi contemplado pelo Programa de Patrocínio Petrobrás Cultural, para o realização do seu 3º CD “Comunhão”, a ser lançado em meados de 2007.
Nos últimos anos, suas atividades têm se concentrado na produção e direção musical de diversos trabalhos, além de apresentações, como compositor, em teatros e casas de espetáculos.
2004:
Co-produção, mixagem e masterização do CD e DVD Caruana, da cantora Carmina Juarez.
Gravação, mixagem e masterização do CD da cantora Sandra Brasil.
Arranjos e direção musical do CD “Dança das Rosas” da cantora Consuelo de Paula.
Apresentações do show “Mario Gil e Renato Braz”.
2005:
Produção, arranjos e direção musical do 1º CD do cantor Mateus Sartori.
Gravação, mixagem e masterização do cd do violonista gaúcho Cláudio Karan.
Participação, como violonista, no CD “Renato Braz e Paul Winter” (Gravado em New York – Junho/2005).
2006:
Gravação e mixagem do CD “Por toda a vida” do cantor Renato Braz, no qual participa também como violonista.
2007:
Mixagem e Masterização do CD 2 de Fevereiro do cantor Mateus Sartori.
Gravação, mixagem e masterização do CD “Xiló” do compositor Zé Modesto.
Mixagem e masterização do CD “Cristina Buarque e Terreiro Grande”.
Lançamento do CD Comunhão, seu terceiro trabalho autoral.