segunda-feira, 27 de abril de 2015

Vander Lee - ABC (vídeo e letra)

Estou aqui na praça ABC
Relendo o beabá de viver sem você
Sem muito a esperar, um pouco a esquecer
Um tanto a perdoar e outro a entender
A vida me oferece o prato feito do dia;
Uma cidade ruidosa, uma agenda vazia
Coisas que eu não precisava junto de você
Que ainda estão sem nome depois de você
Mas não falta motivo
Que me mantenha vivo
Há tanto por viver
E tudo é mais sereno
Recomeçar é pleno
Pra quem quer ascender
Ali na liberdade, onde te encontrei
Ontem fiquei perdido e te telefonei
Dizem que perdi uns quilos
Falo que estou melhor
Meu coração pequeno, feito pra bater
Provou do seu veneno, sonhou feito menino e não quer aprender
No livro do destino meu coração menino vai aprendendo a ler

domingo, 26 de abril de 2015

Paulo Diniz - O meu amor chorou (vídeo e letra)

O meu amor chorou
Não sei porque razão
O meu amor chorou
Não sei por que razão
Também pudera
Eu não estava acostumado
À vida de casado
E faço força pra ficar
Em casa sossegado
Mas amor é tão difícil
A gente se conter
Antigamente a minha vida
Era de bar em bar
Pelas ruas da cidade
A lua quando sai
Saudade vem e a gente vai
E fica pela rua até o amanhecer
Mas te prometo um dia, meu amor
Mudar de vida pra te consolar
E pra fazer seu gosto
Embora morra de desgosto
Trocarei tudo o que tenho
Procê não chorar (2X)

sábado, 25 de abril de 2015

Carlinhos Brown - Mares de ti (vídeo e letra)

;
Se tropeçar meus pés cansados
Nos mares de ti
Cuidar de mim cuidar de ti
As fases e frases
Desfazem nos jeans
Por que é você que sabe
Aonde surfir
O mais bonito do magnífico
Só teu sorriso esculpe
Solidão
A vida nos fez
Apesar de ter
Solidão
A vida nos fez
Apesar de ter
Solidão
Não sei pisar no breque
Tomo charrete
Pros lares de rubis
Pensando nisso
Pensando em ti
Senti felicidade sem fim
Se for passar precisos sarar
É quase inútil
Ficar de ir
Ficar de vir
Ficar feliz isso sim
Solidão
A vida nos fez
Apesar de ter
Solidão
A vida nos fez
Apesar de ter
Solidão
Me abraça bem
Já me sinto bem
Vim chorar
Como guitarra grunge
Como escaramouche
Amor talhador
Na na na rê
Na na na rê
Na na na rê
Ô ô ô ô
Solidão

Björk - Travessia (vídeo e letra)

Quando você foi embora fez-se noite em meu viver
Forte eu sou, mas não tem jeito
Hoje eu tenho que chorar
Minha casa não é minha e nem é meu este lugar
Estou só e não resisto, muito tenho pra falar
Solto a voz nas estradas, já não quero parar
Meu caminho é de pedra, como posso sonhar
Sonho feito de brisa, vento vem terminar
Vou fechar o meu pranto, vou querer me matar
Vou seguindo pela vida me esquecendo de você
Eu não quero mais a morte, tenho muito o que viver
Vou querer amar de novo e se não der não vou sofrer
Já não sonho, hoje faço com meu braço o meu viver
Solto a voz nas estradas, já não quero parar
Meu caminho é de pedra, como posso sonhar
Sonho feito de brisa, vento vem terminar
Vou fechar o meu pranto, vou querer me matar
Vou seguindo pela vida me esquecendo de você
Eu não quero mais a morte, tenho muito o que viver
Vou querer amar de novo e se não der não vou sofrer
Já não sonho, hoje faço com meu braço o meu viver