domingo, 18 de novembro de 2018

Emílio Santiago - Rio (vídeo e letra)

Rio que mora no mar
Sorrio pro meu Rio
Que tem no seu mar
Lindas flores que nascem morenas
Em jardins de sol
Rio, serras de veludo
Sorrio pro meu Rio
Que sorri de tudo
Que é dourado quase todo dia
E alegre como a luz

Rio é mar, eterno se fazer amar
O meu Rio é lua
Amiga branca e nua
É sol, é sal, é sul
São mãos se descobrindo em todo azul
Por isso é que meu Rio da mulher beleza
Acaba num instante com qualquer tristeza
Meu Rio que não dorme porque não se cansa
Meu Rio que balança
Sou Rio, sorrio
Sou Rio, sorrio
Sou Rio, sorrio
Sou Rio, sorrio
Sou Rio, sorrio

quarta-feira, 14 de novembro de 2018

Bárbara Dias e Dilsinho - Deixa (vídeo e letra)

Parece que foi ontem, eu tinha certeza
Que a gente era invencível
Onde começou o fim
As brigas, o mundo, caindo impossível
Se a gente se completa igual feijão com arroz
O que foi que aconteceu depois?
Deixa, se alguém novo te achou deixa
Se você ta feliz então esquece
Só promete que vai se cuidar

Deixa, se encontrou carinho então deixa
Eu sigo o meu caminho, o meu segredo é
Que eu não vou deixar de te amar
Vai me diz se ele te olha como eu olhava
Se ele te faz feliz do mesmo jeito que eu fazia
Será que amanhã quando acordar do teu lado
Vai no teu ouvido te beijar, te dar bom dia
Se a gente se completa igual feijão com arroz
O que foi que aconteceu depois?
Deixa, se alguém novo te achou deixa
Se você ta feliz então esquece
Só promete que vai se cuidar
Deixa, se encontrou carinho então deixa
Eu sigo o meu caminho, o meu segredo é
Que eu não vou deixar de te amar
Se a gente se completa igual feijão com arroz
O que foi que aconteceu depois?
Deixa, se alguém novo te achou deixa
Se você ta feliz então esquece
Só promete que vai se cuidar
Deixa, se encontrou carinho então deixa
Eu sigo o meu caminho, o meu segredo é
Que eu não vou deixar de te amar

domingo, 11 de novembro de 2018

Fabinho Campelo - Minha música de amor (vídeo e letra)

Dia azul
Sol nu
Sob o céu
Eu e tu
Amor cru
Lembranças de um
Sonho de verão
Dia assim
Sem dó de mim
Nem do meu querer
Ah...
Já não tem fim
Esse esperar
Rotina que vem
Sempre a rodear
Solidão
Ah...
Desilusão
Paixão
Em vão.
 

sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Jorge Vercílo - A vida é arte (vídeo e letra)

Pretendo ainda te olhar
Como a primeira vez
Como quem olha pro amor
Que ainda não tem
Talvez até Colombo
Buscasse descobrir
No além do além
Não um novo mundo por vir
Mas os mares profundos de alguém
Pretendo assim me jogar
Pelas asas da vez
Como quem sonha em voar
E ainda nao fez
Rimando mar com o rio
Caminho dentro em mim
Se Drummond fez assim
Vou erguer um castelo ao amor
Com as pedras de por onde eu vim

Mais do que fazer
A mágica da arte está em olhar
Mesmo esta canção sem ninguém pra ouvir
Que fim terá
Mais do que entender
Me deixa perceber, sentir tua luz
Mesmo sem saber
Me leva até Gaudi, Miró, Toulouse
Telas e telas Portinari
Áurea amarela de Van Gogh
Vê como o amor ganha formas no ar
Sempre foi eu a imaginarte
O tempo todo a te inventar
Tal como a flor
A beleza está em olhar
Está nos olhos de quem ver
A beleza está no olhar
Rimando mar com o rio
Caminho dentro em mim
Se Drummond fez assim
vou erguer um castelo ao amor
Com as pedras de por onde eu vim
Mais do que fazer
A mágica da arte está em olhar
Mesmo esta canção sem ninguém pra ouvir que fim terá
Mais do que entender
Me deixa perceber, sentir tua luz
Mesmo sem saber, me leva até Gaudi, Miró, Toulouse
Telas e telas Portinari
Áurea amarela de Van Gogh
Vê como o amor ganha formas no ar
Sempre foi eu a imaginar-te
O tempo todo a te inventar
Pretendo ainda te olhar