segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Mariana Mello - Recato (vídeo e letra)


Ego infla alma murcha, vista a crista carapuça
A minha eu já vesti, me despi, virou, virou bagunça
Amiga, andei com onça e do meu santo levei bronca
Quando permiti o conto consciente da responsa
Pensa, pensa não chega na boca, o que chega vira murro de ponta
Faca amolada na carne não funciona tu sabe no turno dos coxa
Amiga, andei com onça e do meu santo levei bronca
Quando permiti o conto consciente da responsa
T​ô​ sozinha nessa porra e sempre foi assim!
Tanto faz se você fala bem ou se fala mal de mim
Sem pó de pirlimpimpim, acontece, eis me aqui
Procurando as respostas pra tu não se iludir
Quero vitórias e gás, pra ser um ser eficaz
O meu espaço e mais, busco palavras letais
Que desenvolvam a paz no seu sistema nervoso
Mais coletas seletivas e um som cabuloso
Soc, soc, socorro!
Eu também gosto de rap
Ideia e som que desenvolve, flow que não tem stop
Paranoia entra em choque, quebrando a cuca dos loc
Me solte, se toque!
Valorize a sua mãe, tem idiotas que maltratam garçonetes e cães
Missões, anote em seus corações
Quero conquistar milhões de pessoas por persuasões
Não leve a sério discussões, necessitamos de leões
Que comandem a selva, sem gerar mais confusões
Missões
Bad girl tem um monte, até queria ser também
Mas pregar a maldade não tá ajudando ninguém
Não sou pastora e não, não tenho religião
Quero mudar essa fita, ou tu nasceu pra ser padrão? Missão

domingo, 19 de fevereiro de 2017

Raquel Saraceni - Acaso (vídeo e letra)


Não sei se o acaso quis brincar
Ou foi a vida que escolheu
Por ironia fez cruzar
O meu caminho com o seu

Eu nem queria mais sofrer
A agonia da paixão
nem tinha mais o que esquecer
Vivia em paz, na solidão
Mas foi te encontrar
E o futuro chegou como um presentimento
meu olhos brilharam, brilharam
No escuro da emoção
Não sei se o acaso quis brincar
Ou foi a vida que escolheu
Por ironia fez cruzar
O seu caminho com o meu

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Fabinho Campelo - Outubro rubro (vídeo e letra)


 Composição de Fabinho Campelo


Era outono, em outrora
E outros ventos te levaram
O verão se foi, o meu sol se pôs
E os meus ecos não voltaram
Outra vez, outra vez, outra vez, outra vez
Outra vez, outra vez, outra vez, outra vez
Não foi dessa vez

Veio outubro, vi campos rubros
Vi as flores se abrirem ficou a saudade
Ficou a vontade você cada vez mais longe
Outra vez, outra vez, outra vez, outra vez
Outra vez, outra vez
Não foi dessa vez
Talvez seja tarde amor
Mas por favor me guardes
Nunca me esqueças por favor...

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Rodrigo Borges - Quem sabe isso quer dizer amor (vídeo e letra)


Cheguei a tempo de te ver acordar
Eu vim correndo à frente do sol
Abri a porta e antes de entrar
Revi a vida inteira
Pensei em tudo que é possível falar
Que sirva apenas para nós dois
Sinais de bem, desejos vitais
Pequenos fragmentos de luz
Falar da cor dos temporais
Do céu azul, das flores de Abril
Pensar além do bem e do mal
Lembrar de coisas que ninguém viu
O mundo lá sempre a rodar
Em cima dele, tudo vale
Quem sabe isso quer dizer amor?
Estrada há de fazer o sonho acontecer!
Pensei no tempo, e era tempo demais
Você olhou sorrindo pra mim
Me acenou um beijo de paz
Virou minha cabeça
Eu simplesmente não consigo parar
Lá fora o dia já clareou
Mas se você quiser transformar
O ribeirão em braço de mar
Você vai ter que encontrar
Aonde nasce a fonte do ser
E perceber meu coração
Bater mais forte só por você
O mundo lá sempre a rodar
Em cima dele, tudo vale
Quem sabe isso quer dizer amor?
Estrada há de fazer o sonho acontecer!

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Flavio Venturini e Caetano Veloso - Céu de Santo Amaro (vídeo e letra)


Olho para o céu
Tantas estrelas dizendo da imensidão
Do universo em nós
A força desse amor
Nos invadiu...
Com ela veio a paz, toda beleza de sentir
Que para sempre uma estrela vai dizer
Simplesmente amo você...

Meu amor..
Vou lhe dizer
Quero você
Com a alegria de um pássaro
Em busca de outro verão
Na noite do sertão
Meu coração só quer bater por ti
Eu me coloco em tuas mãos
Para sentir todo o carinho que sonhei
Nós somos rainha e rei

Na noite do sertão
Meu coração só quer bater por ti
Eu me coloco em tuas mãos
Para sentir todo o carinho que sonhei
Nós somos rainha e rei

Olho para o céu
Tantas estrelas dizendo da imensidão
Do universo em nós
A força desse amor nos invadiu...
Então...
Veio a certeza de amar você...