quinta-feira, 28 de julho de 2016

Marlui Miranda - Imagens (vídeo e letra)

O tempo parte e corre como o rio
cavaleiro amado
que não chora, que não grita
encerrado no mutismo dos condenados

Preso eternamente na lembrança das coisas que não
foram feitas
O tempo parte e quebra como a bilha
equilibrada na cabeça
Que não pensa,
como fenda entreaberta na janela do Madeira
Rio Madeira... rio Madeira...
O tempo parte e acaba com o rio
e a lousa verde do mato,
onde a febre seca as bocas,
queimando galhos e troncos
na louca dança das serpentes,
das serpentes, das serpentes...

domingo, 24 de julho de 2016

Nei Lisboa - Pra te lembrar (vídeo e letra)

Que que eu vou fazer pra te esquecer?
Sempre que já nem me lembro
Lembras pra mim
Cada sonho teu me abraça ao acordar
Como um anjo lindo
Mais leve que o ar
Tão doce de olhar
Que nem um adeus pode apagar.

Que que eu vou fazer pra te deixar?
Sempre que eu apresso o passo
Passas por mim
E um silêncio teu me pede pra voltar
Ao te ver seguindo
Mais leve que o ar
Tão doce de olhar
Que nem um adeus pode apagar.
Cada sonho teu me abraça ao acordar
Como um anjo lindo
Mais leve que o ar
Tão doce de olhar
Que nem um adeus pode apagar
O quê que eu vou fazer pra te lembrar?
Como tantos que eu conheço
E esqueço de amar
Em que espelho teu
Sou eu que vou estar?
A te ver sorrindo
Mais leve que o ar
Tão doce de olhar
Que nem um adeus vai apagar.
Mais leve que o ar
Tão doce de olhar
Que nem um adeus vai apagar.

terça-feira, 19 de julho de 2016

Paulinho Nogueira´- Samba em prelúdio

Paulo Artur Mendes Pupo Nogueira, conhecido por Paulinho Nogueira (Campinas, 8 de outubro de 1929 — São Paulo, 2 de agosto de 2003) foi um músico compositor, cantor, violonista e professor brasileiro.
Paulinho Nogueira teve sua ocupação principal como desenhista, mas não conseguiu prosseguir na carreira e resolveu viver da música como autodidata.
Exímio violonista, foi também um grande compositor, tanto de músicas instrumentais (famosas inclusive fora do Brasil, como as suas Bachianinhas), quanto de músicas com letra. Foi inventor da craviola, e o primeiro mestre de Toquinho. Teve músicas gravadas por grandes nomes como Jane Duboc, Jair Rodrigues, Yamandú Costa e Badi Assad, entre muitos outros.
Desde criança se mostrou grande apreciador das músicas de Johann Sebastian Bach, tendo-o como influência para a composição de uma de suas músicas mais famosas, aBachianinha.
Discografia
"A voz do violão" (1959) Columbia LP
"Brasil, violão e sambalanço" (1960) RGE LP
"Menino desce daí/Tema do boneco de palha" (1961) RGE 78
"Sambas de ontem e de hoje" (1961) RGE LP
"Outros sambas de ontem e de hoje" (1962) RGE LP
"Mais sambas de ontem e de hoje" (1963) RGE LP
"A nova bossa e o violão" (1964) RGE LP
"O fino do violão" (1965) RGE LP
"Sambas e marchas da nova geração" (1966) RGE LP
"Paulinho Nogueira" (1967) RGE LP
"Um festival de violão" (1968) RGE LP
"Paulinho Nogueira canta suas composições" (1970) RGE LP
"Dez bilhões de neurônios" (1972) Continental LP
"Paulinho Nogueira, violão e samba" (1973) Continental 10.108
"Simplesmente" (1974) Continental LP
"Moda de craviola" (1975) Continental LP
"Antologia do violão" (1976) Phonogram LP
"Nas asas do moinho" (1979) Alequim LP
"O fino do violão volume 2" (1980) Bandeirantes/WEA LP
"Tom Jobim – Retrospectiva" (1981) Cristal/WEA LP
"Água branca" (1983) Eldorado LP
"Tons e semitons" (1986) Independente LP
"Late night guitar - The brazilian sound of Paulinho Nogueira" (1992) CD
"Coração violão" (1995) Movieplay CD
"Brasil musical - Série música viva - Paulinho Nogueira e Alemã" (1996) Tom Brasil CD
"Reflexões - Reflections (1999) Malandro Records CD
"Sempre amigos" (1999) Movieplay CD
"Chico Buarque - Primeiras composições" (2002) Trama CD

sexta-feira, 15 de julho de 2016

Tim Maia e Vitória Régia - Um dia de domingo (vídeo e letra)

Eu preciso te falar
Te encontrar de qualquer jeito
Pra sentar e conversar
Depois andar de encontro ao vento

Eu preciso respirar
O mesmo ar que te rodeia
E na pele quero ter
O mesmo sol que te bronzeia
Eu preciso te tocar
E outra vez te ver sorrindo
Te encontrar num sonho lindo
Já não dá mais pra viver
Um sentimento sem sentido
Eu preciso descobrir
A emoção de estar contigo
Ver o sol amanhecer
E ver a vida acontecer
Como um dia de domingo
Faz de conta que ainda é cedo
Tudo vai ficar por conta da emoção
Faz de conta que ainda é cedo
E deixar falar a voz do coração

terça-feira, 12 de julho de 2016

Gal Costa, Chico Buarque e Djavan - Nuvem negra (vídeo e letra)

Não adianta me ver sorrir
Espelho meu
Meu riso é seu
Eu estou ilha ... da
Hoje não ligo a TV
Nem mesmo pra ver o Jô
Não vou sair
Se ligarem não estou
À manhã que vem
Nem bom-dia eu vou dar
Se chegar alguém
A me pedir um favor
Eu não sei
Tá difícil ser eu
Sem reclamar de tu ...do
Passa nuvem negra
Larga o dia
E vê se leva o mal
Que me arrasou
Pra que não faça sofrer mais ninguém
Esse amor que é raro
E é preciso
Pra nos levantar
Me derrubou
nao sabe parar de crescer
e doer

quinta-feira, 7 de julho de 2016

Nana Caymmi e Milton Nascimento - Sentinela (vídeo e letra)

Morte vela sentinela sou do corpo desse meu irmão que já se vai
Revejo nessa hora tudo que ocorreu, memória não morrerá
Vul.......to negro em meu rumo vem
Mostrar a sua dor plantada nesse chão

Seu rosto brilha em reza, brilha em faca e flor
Histórias vem me contar

Longe, longe, ouço essa voz
Que o tempo não vai levar

Precisa gritar sua força ê irmão, sobreviver
A morte inda não vai chegar, se a gente na hora de unir
Os caminhos num só, não fugir e nem se desviar

Precisa amar sua amiga, ê irmão e relembrar

Que o mundo só vai se curvar
Quando o amor que em seu corpo já nasceu

Liberdade buscar,
Na mulher que você encontrar

Morte vela sentinela sou
Do corpo desse meu irmão que já se foi
Revejo nessa hora tudo que aprendi, memória não morrerá

Longe, longe, ouço essa voz
Que o tempo não vai levar